Tecnologia do Blogger.

sábado, 27 de agosto de 2016

Curtas são selecionados para a Mostra Belém-para-Brasil

 
 
No próximo dia 10 de setembro terá início a “Mostra Belém-para-Brasil”, evento prévio do 4º Festival de Audiovisual de Belém (FAB 2016) que levará obras audiovisuais produzidas no Pará e/ou por paraenses para cidades de fora do estado.
A primeira sessão será realizada na Estação das Letras, no bairro do Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro-RJ. Para outubro estão previstas exibições em espaços culturais em São Paulo-SP e Belo Horizonte-MG.
Veja a lista de obras selecionadas para a Mostra:
A Menina e o Boto (Paulo Roque, 2014, 9'30")
Catadores de Sonhos (Homero Flávio, 2015, 25')
ES.CO.LA (José Maria Pinheiro de Souza Neto, 2016, 12'25")
O Dia Seguinte (Vince Souza, 2011, 03'18")
Pôr da Terra (Lucas Moraga, 2015, 8'50")
Promesseiros (Paulo Roque, 2015, 17'30")
Seleção Natural (Lucas Moraga, 2016, 5'42")

Além da exibição das obras, haverá ainda exibição de vídeos de convidados e bate-papo com produtores audiovisuais cariocas. A programação completa será divulgada na sexta-feira (02 de setembro).
A Mostra visa incitar mais ainda a circulação do audiovisual paraense no cenário nacional. Audiovisual vai além!
 
FAB segue com inscrições abertas
As inscrições para o Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2016 seguem abertas até o dia 10 de setembro. Informações como fichas de inscrição, categorias e formatos dos arquivos podem ser encontradas no edital do festival, que está disponível em
http://www.portal-fab.com/p/edital.html.
Assim como em 2015, este ano o FAB apresenta somente mostras não competitivas, divididas em cinco categorias: “Curta Metragem”; “Videoclipe”; “Videoarte e vídeo experimental”; “Vídeo minuto” e “Crítica de Audiovisual". A expectativa é que um número recorde de obras seja recebido, superando o ano passado, quando o evento recebeu mais de 350 obras, sendo 270 curtas metragens, 41 videoclipes, 33 videoartes, 23 vídeos minuto, 3 vídeos publicitários, 6 críticas de audiovisual, entre outras. No total, foram recebidas obras de 22 estados e do Distrito Federal e sete outros países (Argentina, México, Inglaterra, França, República Tcheca, Espanha e Portugal).
 
 
Published: By: FAB 2013 - 07:11:00

terça-feira, 3 de novembro de 2015

S2 e O Forasteiro são os grandes destaques do FAB 2015. Veja a lista completa das menções honrosas!

Foto: Maycon Nunes
A terceira edição do Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015 chegou ao fim no último domingo (01) e já deixou saudades e a expectativa de um festival melhor ainda em 2016.
Este ano, o FAB recebeu mais de 370 obras em diversas categorias e de vários locais do país e do mundo. Antes do festival, no dia 27 e 28 ocorreu o Seminário de Audiovisual na Faculdade Pan Amazônica (Fapan), uma das parceiras do evento.
O FAB é uma iniciativa do empreendimento sócio-cultural CLIC e contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Belém, através da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) e Cinema Olympia e também parcerias da Fóton Filmes, Faculdade Pan Amazônica (Fapan), Faculdade Paraense de Ensino (Fapen), Yesbil Consultoria e Marketing Digital, Açaizal, Hotel Princesa Louçã, Maycon Nunes Fotografia e Línea3 Produtora.

Destaques
Durante a programação, algumas obras chamaram atenção do público que compareceu ao Olympia, assim como já havia chamado atenção dos curadores que avaliaram as obras. Apesar de não haver premiações, os melhores vídeos receberam menções honrosas. Veja a lista completa: 

CURTAS METRAGENS
- Menção Honrosa pelo Desenho de som:
O movimento do escuro, Porto Alegre, RS, 2015, 20min

- Menção Honrosa pela Fotografia
Olhos de botão, Ficção, Bezerros, PE, 2015, 18min

- Menção Honrosa pela Montagem e Edição
Dias e Dias, Ficção, Nova Iguaçu, RJ, 2015, 18min

- Menção Honrosa pela Direção de Arte 
Sansão, Ficção, Juiz de Fora, MG, 2014, 15min

- Menção Honrosa - Atriz
Atriz Miwa Yanagizawa, O nome do dia, Ficção, Rio de Janeiro, RJ, 2015, 18min51seg

- Menção Honrosa - Ator
Matheus Nachtergaele, Quando parei de me preocupar com canalhas, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 15min
Arthur Canavarro, O Forasteiro, Ficção, São Raimundo Nonato, PI, 2014, 25min
Paulo José, Joaquim Bralhador, Ficção, Quixeramobim, CE, 2014, 20min

- Menção Honrosa pelo Roteiro
S2, Ficção, Cuiabá, MT, 2015, 20min

- Menção Honrosa pela Direção 
Ao redor da mesa, Ficção, Campinas, SP, 2015, 12min

- Menção Honrosa - Animação
Castillo y el Armado, Animação, Porto Alegre, RS, 2014, 13min46seg
Guida, São Paulo, SP, 2014, 11min30seg

- Menção Honrosa - Documentário e Cunho Social
Cartas do desterro, Documentário, Campinas, SP, 2014, 16min
Tant Pis Capitulo Um, Documentário, Paris, França, 2015, 25min

- Menção Honrosa pelo Documentário e Registro Histórico
Memórias do Cine Argus, Castanhal, PA, 2014, 20min

- Menção Honrosa - Ficção
O Forasteiro, Ficção, São Raimundo Nonato, PI, 2014, 25min
S2, Ficção, Cuiabá, MT, 2015, 20min

VIDEOCLIPES
- Menção Honrosa pela Montagem/Edição
Lulu, Luneta Mágica, Manaus, AM, 2015, 3min46seg

- Menção Honrosa pela Direção de Arte
De ontem pra hoje, O charme do choro, Belém, PA, 2014, 4min04seg

- Menção Honrosa pela Produção
Maldita guerra, Sephion, Curitiba, PR, 2015, 5min

- Menção Honrosa pelo Conjunto da Obra
Baile Saudoso, Camila Honda, Belém, PA, 2014, 4min26seg

VIDEOARTE
- Menção Honrosa pela Edição e Montagem
Eu soup, São Paulo, SP, 2014, 6’10’’

- Menção Honrosa pelo conjunto da obra
Atlântico, Porto Alegre, RS, 2015, 8min
Codes of senses II, Barcelona, Espanha, 2014, 04min36seg

- Menção Honrosa pela Fotografia
Deja Vu, São Paulo, SP, 2015, 3min

- Rebuçado Trilha sonora
Rebuçado, Belém, PA, 2015, 7min50seg

VÍDEO MINUTO
- Menção Honrosa pela Produção
O Vendedor de Armas, Campina Grande, PB, 2013, 1min

- Menção Honrosa pelo Conjunto da obra
Tempos de bola, Belém, PA, 2014, 1min

CRÍTICA DE CINEMA
"Crítica | Entre Nós", de Daniel Lucas de Medeiros, Florianópolis, SC. 

VÍDEO UNIVERSITÁRIO
Mulher do Taxi, Belém, PA, 2015, 4min35

Todos os certificados (do Seminário e do Festival) serão enviados até 15 de janeiro. Se você não receber até esta data, entre em contato através do e-mail falecomfab@gmail.com.
O FAB retorna em breve, com a Mostra dos Melhores do FAB 2015 e divulgação do edital da Mostra Belém-Para-Brasil, que levará obras paraenses para exibição em outras capitais do país e cidades do interior do estado, como foi divulgado na cerimônia de encerramento.

Audiovisual vai além! Audiovisual vem pra Belém!
Published: By: FAB 2013 - 10:07:00

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Seminário de Audiovisual de Belém (SAB) destaca produção e mercado


Inovação, produção e mercado. Essas são as palavras-chave do Seminário de Audiovisual de Belém, o SAB 2015, que ocorrerá nos dias 27 e 28 de outubro na sala Piaget, 3º andar do campus 1 da Faculdade Pan Amazônica (Fapan), localizada na rua dos Mundurucus, 4010, entre travessa Castelo Branco e José Bonifácio. A programação, que é gratuita e entregará certificados aos participantes.

Veja a programação completa do FAB 2015:
### 27-10, TERÇA-FEIRA 
Seminário de Audiovisual de Belém – SAB 2015, na Fapan, 19h
#Clash 01. Do roteiro à veiculação: inovação e publicidade audiovisual, com
- Luana Leide: Redatora publicitária há quase 4 anos, começou a carreira na Madre, criando para Leal Moreira, Sol Informática, Tim e FACEPA. De lá, foi para a Sim Comunicação brincar de varejo e criar para Citröen, Mitsubishi, Claro e Nazaré. Atualmente, cria para o Banco da Amazônia, Cyrela, Vale e Vivo pelo Grupo Phocus.
- Thiago Pelaes: graduado em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Pará e mestre na mesma área pela PUC do Paraná. Desde 2010 trabalha na direção e fotografia de filmes publicitários, documentários e vídeos institucionais. Foi co-diretor do documentário premiado “No movimento da fé”, produtor executivo e fotógrafo da sexta temporada da série Diz Aí Amazônida para o Canal Futura. Atualmente é sócio das produtoras Clarté e Marahu onde desenvolve projetos para publicidade, cinema e televisão.

### 28-10, QUARTA-FEIRA 
Seminário de Audiovisual de Belém – SAB 2015, na Fapan, 19h
#Clash 02. TV, Cinema e tudo mais: Como estamos?
, com
- Larissa Bezerra: Transmedia Storyteller e Produtora Audiovisual. Integrante da primeira geração do Curso de Televisão e Novos Meios, da prestigiosa Escola Internacional de Cine e TV de San Antonio de los Baños, Cuba (EICTV). Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Federal do Pará. Atuou como produtora, roteirista e diretora na TV Cultura do Pará. Também desenvolve projetos para Internet, TV e Cinema, assim como produções híbridas.
- Larissa Noguchi: se formou em 2013 em Jornalismo e é pós graduada em produção audiovisual. Iniciou a carreira na TV Nazaré e logo depois foi para a Rádio Cultura. Em 2012, entrou na TV Liberal como estagiária e depois foi para a produção. É repórter há 2 anos e também desenvolve o projeto Zona Urbana, programa para internet que o conteúdo principal é a cultura paraense. Além de trabalhar com televisão, produziu o videoclipe Mestre de Capoeira com direção de Roger Elarrat, e agora está em produção de um outro vídeo com direção do Robson Fonseca. Já participou do filme "Até a Vista" ,que rodou algumas cenas em Belém com a atriz Dira Paes e direção de Jorge Furtado.

Serviço
Seminário de Audiovisual de Belém 2015
Quando? 27 e 28, 19h
Onde? Sala Piaget, 3º andar do campus 1 da Fapan (Rua dos Mundurucus, 4010, entre Castelo Branco e José Bonifácio)
Inscrições no local do evento.
Entrada gratuita, com direito a certificado.
 

Published: By: FAB 2013 - 06:27:00

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Festival en la Amazonía brasileña presenta Muestra de Cinema Latino


Del 29 de octubre al 1° de noviembre, Cinema Olympia, en Belém, Amazonía brasileña, se celebrará la tercera edición del Festival de Audiovisual de Belém, FAB 2015. Olympia es el cine más antiguo de Brasil en funcionamiento y todas las actividades del festival tendrán entrada gratuita. Antes del inicio del evento, en los días 27 y 28 será realizado el Seminario de Audiovisual de Belém (SAB).
Entre los cortometrajes, la programación, contará, además de la Muestra Oficial, con las muestras de Cine Infantil y Cine Latino. Como ya ocurre tradicionalmente, el FAB tendrá también Muestras de Videoclips, Videoartes, Videos publicitarios y charlas sobre críticas de cine. Una de las novedades este año es la Muestra de Videos minuto y experimentales, uno de los primeros pasos para quien quiere invertir incluso “probar” nuevas posibilidades en la producción audiovisual.
Cine Olympia, por Everton Pereira

Aunque no posea muestras competitivas, este año el FAB tuvo un número considerable de inscripciones. En total, fueron recibidas 270 cortometrajes, 42 videoclips, 33 videoartes, 23 videos minuto y experimentales, 3 videos publicitarios y 6 críticas de cine. En total, fueron recibidas obras de 22 estados y el Distrito federal, además de otros seis países: República Checa, Portugal, España, Francia, Inglaterra, Argentina y México, mostrando el alcance y abarque del festival.


“A pesar de no tener patrocinio este año, el crecimiento y abarcamiento del FAB fue sorprendente, lo que indica que varios productores no están interesados solamente en la premiación y sí en la circulación, en presentar sus obras en todos los lugares posibles. Esto fortalece no solamente los festivales de la Amazonía en de Brasil, también la propia producción audiovisual contemporánea”, destaca el idealizador y coordinador general del evento, el periodista y magister en Antropología Enderson Oliveira.
Uno de los destaques de este año es la Muestra de Cinema Latino, que traerá videos exclusivos a Belém. La Muestra contará con los mexicanos “Catrina” (Gaudalajara, 2015) y “Lucha, Azteca!” (Brasil/México, 2015) y el argentino “Frente Fría” (Buenos Aires, 2014), exhibido en el Festival de Cannes este año. Los tres fueron inscritos en el FAB. 
Divulgación

Como invitados, el premiadísimo “The Gift” (Chile, 2013), ya presentado en 106 festivales en 34 países, el colombiano “The Invisibles” (2014), vencedor en festivales como los de Los Ángeles y Nueva York y “La Solitude” (México, 2014), seleccionado para muestras en Europa, África y América Latina.
Finalmente, la muestra contará además con la animación Argentina “Yo te quiero” (2014), exhibido en diversos festivales mundiales y el cubano-brasileño “Estação Bahia”, documental/experimental de 2012 que vuelve a ser exhibido en el FAB después de ser premiado en la primera edición del festival.
Divulgación

“La Muestra Latina es una de las primeras actividades del festival este año. Ella sintetiza nuestro eslogan “Audiovisual vai além. Audiovisual vem para Belém” [Audiovisual va más allá, viene para Belém] y también fue pensada para hacer pública la reflexión sobre nuestra identidad Latinoamericana, ya que muchas veces no pensamos al respecto. Somos próximos, “hermanos” y tenemos dificultades y posibilidades semejantes. Tenemos que pensar más en esa cuestión, reflejadas también en la producción audiovisual en el continente”, destaca Enderson.
La programación contará también con la exhibición del primer episodio de la serie “Diz Aí Amazônida”, de Fernando Segtowick y el lanzamiento del documental “Fisionomia Belém”, de Relivaldo Pinho, que muestra una “otra Belém” contemporánea, posmoderna, mucho más “real” y (re)conocida por su producción y no solamente presentada a través de lo que la ufanan y la simbolizan a veces, turística y mediáticamente.  
> Acceda a la programación completa
Más informaciones: falecomfab@gmail.com

El Festival de Audiovisual de Belém (FAB) 
El Festival de Audiovisual de Belém (FAB) fue creado en 2013 y pretendía llenar una grande laguna que había entonces en la capital paraense; es decir, la necesidad de un evento más amplio que un Festival de Cine y que contemplase otras categorías, como “Videoclips”, “Campaña Publicitaria Audiovisual” y también “Producción de contenido para TV e internet”.
Cine Olympia en FAB 2014

Yendo más allá de las muestras competitivas y no competitivas, la programación cuenta además con el Seminario de Audiovisual de Belém y reunió, en dos años, público de cerca de 1.500 personas, así como los involucrados indirectamente como productores, directores, realizadores y actores de los videos.
En su tercer año, el FAB será realizado del 29 de octubre al 1° de noviembre en el Cinema Olympia y continúa buscando colaborar para consolidar a Belém en la geografía nacional de la producción audiovisual contemporánea, llevando en consideración la diversidad de posibilidades de creación y demostrando esto en la capital paraense, lo que está sintetizado en el slogan del evento: “Audiovisual va más allá. Audiovisual viene para Belém”.
Published: By: FAB 2013 - 11:05:00

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Agende-se! Confira a programação completa do FAB 2015!

De 29 de outubro a 1º de novembro, o Cinema Olympia sediará a terceira edição do Festival de Audiovisual de Belém, o FAB 2015. Todas as atividades do festival terão entrada gratuita. Nas mostras de vídeos, a censura é 18 anos. Antes do início do festival, nos dias 27 e 28 será realizado o Seminário de Audiovisual de Belém (SAB).
Entre os curtas metragens, a programação contará, além da Mostra Oficial, com as mostras de Cinema Infanto-juvenil e de Cinema Latino. Como já ocorre tradicionalmente, o FAB terá ainda Mostra de Videoclipes, Videoartes, Vídeos publicitários e bate-papo sobre críticas de cinema. Uma das novidades este ano é a Mostra de Vídeos minuto e experimentais, um dos primeiros passos para quem quer investir ou mesmo “testar” novas possibilidades na produção audiovisual.

O FAB pretende lotar novamente o Cine Olympia, o que ocorreu em 2013 e 2014. Participe! Foto: Everton Pereira

Embora não possua mostras competitivas, este ano o FAB teve número recorde de inscrições: ao todo, foram recebidos 270 curtas metragens, 42 videoclipes, 33 videoartes, 23 vídeos minuto e experimentais, 3 vídeos publicitários e 6 críticas de cinema. No total, foram recebidas obras de 22 estados e o Distrito Federal e, indo além, de outros seis países: República Tcheca, Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Argentina e México, mostrando o alcance e abrangência do festival.

Veja o teaser do evento:



“Apesar de não ter patrocínio este ano, o crescimento da abrangência do FAB foi surpreendente, o que mostra que vários produtores não estão interessados somente em premiação, mas em circular, em apresentar suas obras em todos os lugares possíveis. Isso fortalece não somente os festivais da Amazônia e do Brasil, mas a própria produção audiovisual contemporânea”, destaca o idealizador e coordenador geral do evento, Enderson Oliveira.
Ainda de acordo com ele, apesar de não ter premiações, o Festival concederá menções honrosas a obras que se destacaram na análise dos curadores e da comissão organizadora. Os nomes dos homenageados serão conhecidos no dia 1º de novembro, durante a cerimônia de encerramento do evento.
O FAB 2015 é uma iniciativa do empreendimento sócio-cultural CLIC e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Belém, através da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) e Cinema Olympia e também parcerias da Fóton Filmes, Faculdade Pan Amazônica (Fapan), Faculdade Paraense de Ensino (Fapen), Yesbil Consultoria e Marketing Digital, Açaizal, Hotel Princesa Louçã, Maycon Nunes Fotografia e Línea3 Produtora.

Lançamentos mostram força da produção de Belém

A abertura do Festival de Audiovisual de Belém contará com um lançamento e uma apresentação especial. A tela do histórico Cine Olympia apresentará o primeiro episódio da série “Diz Aí Amazônida”, que estreia no Canal Futura no próximo dia 21.
A série, que conta com direção de Fernando Segtowick, direção de Fotografia do Thiago Pelaes e montagem do Alexandre Nogueira, é resultado de entrevista com cerca de 40 jovens do Pará e do Amazonas. Os entrevistados falam sobre identidade pessoal e cultural, movimentos sociais e artísticos, entre outras questões relacionadas à juventude na região.

Logo após, será lançado o documentário “Fisionomia Belém”, resultado do projeto de pesquisa “Comunicação, Antropologia e Filosofia: estética e experiência na comunicação visual, audiovisual e literária urbana da contemporaneidade de Belém do Pará”, coordenado por Relivaldo Pinho, professor doutor em Antropologia.
A direção do filme é assinada pelo próprio Pinho e mostra uma "outra Belém" contemporânea, pós-moderna, bem mais "real" e (re)conhecida por sua população e não somente apresentada através do ufanismo turístico e midiático que a simboliza por vezes. Em sua produção, foram feitas entrevistas com Edyr Augusto, jornalista, radialista, redator publicitário, autor peças de teatro e livros como Pssica (2015), Os Éguas (1998), e Selva Concreta (2007); Ernani Chaves, pós-doutor em Filosofia e professor na Universidade Federal do Pará; Fernando Segotwick, roteirista e diretor; Eder Oliveira, graduado em Educação Artística – Artes Plásticas pela Universidade Federal do Pará e “pintor por ofício” desde 2004; e Lázaro Magalhães, jornalista e músico, um dos fundadores da banda paraense Cravo Carbono.
Segundo a publicitária e produtora audiovisual Yasmin Pires, uma das responsáveis pela produção e edição do filme, “o documentário é importante para que haja uma quebra nessa construção amplamente difundida pela mídia sobre o que é Belém ou a Amazônia. Belém deve ser entendida como um espaço urbano cuja construção é permeada por experiências contemporâneas que transcendem o achatamento de uma realidade representada pelo dançar carimbó, ir ao Ver-o-Peso, tomar açaí etc.”.

Mostra latina trará filmes exclusivos a Belém
Evidenciando a internacionalização do Festival de Audiovisual de Belém, o evento, que recebeu obras de outros países em todos os anos e realizou em 2014 a Mostra de Novo cinema Português, apresentará a Mostra de Cinema Latino no domingo (1º).
Exibido no festival de Cannes este ano, Frente Fria chega agora a Belém para única exibição no FAB 2015! Imagem: Divulgação.
A Mostra contará com os mexicanos Catrina (Guadalajara, 2015) e Lucha, Azteca!, (Brasil/México, 2015) e o argentino Frente Fria (Buenos Aires, 2014), exibido no Festival de Cannes este ano. Os três foram inscritos no FAB.
Como convidados, o premiadíssimo The Gift (Chile, 2013), já apresentado em 106 festivais em 34 países, o colombiano The Invisibles (2014), vencedor em festivais como os de Los Angeles e Nova York e La Solitude (México, 2014), selecionado para mostras na Europa, África e América Latina.

Com inúmeros prêmios, o colombiano The Invisibles será apresentado pela primeira vez na capital paraense. Imagem: Divulgação

Por fim, a mostra contará ainda com a animação argentina Yo te quiero (2014), exibido em diversos festivais mundo afora e o cubano-brasileiro “Estação Bahia”, documentário/experimental de 2012 que volta a ser exibido no FAB após ser premiado na primeira edição do festival.

Seminário destaca produção e mercado

Inovação, produção e mercado. Essas são as palavras-chave do Seminário de Audiovisual de Belém, o SAB 2015, que ocorrerá nos dias 27 e 28 de outubro no campus 1 da Faculdade Pan Amazônica (Fapan), localizada na rua dos Mundurucus, entre travessa Castelo Branco e José Bonifácio. A programação, que é gratuita e entregará certificados aos participantes, contará com dois clashes:
#Clash 01. Do roteiro à veiculação: inovação e publicidade audiovisual, com Luana Leide (redatora publicitária do Grupo Phocus) e Thiago Pelaes (co-diretor do documentário premiado “No movimento da fé”, produtor executivo e fotógrafo da sexta temporada da série Diz Aí Amazônida para o Canal Futura, sócio das produtoras Clarté e Marahu onde desenvolve projetos para publicidade, cinema e televisão)
#Clash 02. TV, Cinema e tudo mais: Como estamos?, com Larissa Bezerra (Transmedia Storyteller e Produtora Audiovisual, cursou Televisão e Novos Meios na Escola Internacional de Cine e TV de San Antonio de los Baños, Cuba)  e Larissa Noguchi (repórter da TV Liberal, desenvolve o projeto Zona Urbana e é pós-graduada em produção audiovisual).

Veja a programação completa do FAB 2015:
### 27-10, TERÇA-FEIRA 

Seminário de Audiovisual de Belém – SAB 2015, na Fapan, 19h
 #Clash 01. Do roteiro à veiculação: inovação e publicidade audiovisual, com
- Luana Leide: Redatora publicitária há quase 4 anos, começou a carreira na Madre, criando para Leal Moreira, Sol Informática, Tim e FACEPA. De lá, foi para a Sim Comunicação brincar de varejo e criar para Citröen, Mitsubishi, Claro e Nazaré. Atualmente, cria para o Banco da Amazônia, Cyrela, Vale e Vivo pelo Grupo Phocus.
- Thiago Pelaes: graduado em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Pará e mestre na mesma área pela PUC do Paraná. Desde 2010 trabalha na direção e fotografia de filmes publicitários, documentários e vídeos institucionais. Foi co-diretor do documentário premiado “No movimento da fé”, produtor executivo e fotógrafo da sexta temporada da série Diz Aí Amazônida para o Canal Futura. Atualmente é sócio das produtoras Clarté e Marahu onde desenvolve projetos para publicidade, cinema e televisão.

### 28-10, QUARTA-FEIRA 

Seminário de Audiovisual de Belém – SAB 2015, na Fapan, 19h
#Clash 02. TV, Cinema e tudo mais: Como estamos?
, com
- Larissa Bezerra: Transmedia Storyteller e Produtora Audiovisual. Integrante da primeira geração do Curso de Televisão e Novos Meios, da prestigiosa Escola Internacional de Cine e TV de San Antonio de los Baños, Cuba (EICTV). Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, pela Universidade Federal do Pará. Atuou como produtora, roteirista e diretora na TV Cultura do Pará. Também desenvolve projetos para Internet, TV e Cinema, assim como produções híbridas.
- Larissa Noguchi: se formou em 2013 em Jornalismo e é pós graduada em produção audiovisual. Iniciou a carreira na TV Nazaré e logo depois foi para a Rádio Cultura. Em 2012, entrou na TV Liberal como estagiária e depois foi para a produção. É repórter há 2 anos e também desenvolve o projeto Zona Urbana, programa para internet que o conteúdo principal é a cultura paraense. Além de trabalhar com televisão, produziu o videoclipe Mestre de Capoeira com direção de Roger Elarrat, e agora está em produção de um outro vídeo com direção do Robson Fonseca. Já participou do filme "Até a Vista" ,que rodou algumas cenas em Belém com a atriz Dira Paes e direção de Jorge Furtado.

### 29-10, QUINTA-FEIRA 

Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015, Cinema Olympia
>>> 14h – 16h15 – Mostra Curtas – Sessão 1
Simulacro, Ficção, Rio de Janeiro, RJ, 2015, 9min15seg
Guida, São Paulo, SP, 2014, 11min30seg
Dias e Dias, Ficção, Nova Iguaçu, RJ, 2015, 18min
Em paz, Documentário, Rio de Janeiro, RJ, 2014, 22min
A casa sem separação, Curta-Ficção, Curitiba, PR, 2015, 25min
Aos que ficam, Ficção, São Bernardo, SP, 2015, 15min45seg
Entrelinhas, Experimental, Rio de Janeiro, 2014, 23min
A fuga, Animação, São Paulo, SP, 2015, 10min
Sob os pés, Documentário, Cuiabá, MT, 2015, 20min

>>> 16h30-18h – Bate-papo sobre críticas de cinema"
Casagrande: a balada do pobre Jean", de Luana Cabral, Vitória, ES.
"Crítica | Entre Nós", de Daniel Lucas de Medeiros, Florianópolis, SC.
"Dando o que falar ", de Armando Manoel Neto, São Paulo, SP.
“Mergulhos no Deserto: A Jornada do Herói e o Canto do Cisne em Uma Passagem para Mário”, de Márcio Henrique Melo de Andrade, Rio de Janeiro, RJ.
"Trash: A Esperança de um Brasil Melhor", de Giovanni Ruggeri, Belém, PA.
"USP 7% e Mater Dolorosa, filmes necessários", de Armando Manoel Neto, São Paulo, SP.

>>> 19h00 - 21h - Abertura e mostra especial, com
Exibição do 1º episódio de “Diz Aí Amazônida”, de Fernando Segtowick
Lançamento do documentário “Fisionomia Belém”, de Relivaldo Pinho e Yasmin Pires

### 30-10, SEXTA-FEIRA

Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015, Cinema Olympia 
>>> 10h – 11h – Mostra de Cinema Infanto-Juvenil 
Nana & Nilo e o tempo de brincar, Animação, Rio de Janeiro, RJ, 2015, 14min
Plaquita – Carlos Gomes, Documentário, Animação, São Paulo, 2014, 8min
Sansão, Ficção, Juiz de Fora, MG, 2014, 15min
José, animação, Brasília, DF, 2015, 12min
A culpa é do Neymar, Ficção, Rio de janeiro, RJ, 2015, 11min
Voustéquio, Animação, Vitória, ES, 2015, 3min35seg

>>> 11h15 – 12h – Mostra Vídeos minuto e experimentais 

Passos – Ep. “TREME”, Belém, PA, 2015, 01min46seg
Casa da vovó, Açailândia, MA, 2015, 2min19seg
Balde de Realidade, Parnamirim, RN, 2015, 1min
Rei, Abaetetuba, PA, 2015, 1min35seg
Água, Faina, GO, 2015, 1min
Chama na Trilha, Natal, RN, 2014, 1min09seg
Uma Força Maior, Anápolis, GO, 2014, 58seg
Batman versus Os Vingadores, Manaus, 2014, 1min20seg
Amizade Inusitada, Vitória, ES, 2015
Baía de Fogo, Natal, RN, 2014, 1min
Corra, Anapolino, Corra, Goiânia, GO, 2015, 1min10
O Vendedor de Armas, Campina Grande, PB, 2013, 1min
Rastro da Flor, Natal, RN, 2014, 1min09seg
Sob a sombra da Estrela, Natal, RN, 2014, 1min09seg
ELE!?, Porto Velho, RO, 2015, 1min
O Concreto, Salvador, BA, 2015, 48seg
Tempos de bola, Belém, PA, 2014, 1min


>>> 14h- 16h – Mostra Curtas – Sessão 2

Chacal: proibido fazer poesia, Documentário, Belo Horizonte, MG, 2015, 25min
O povo quer sangue, Ficção, Curitiba, PR, 2015, 6min
Sêo Inácio (ou o cinema do imaginário), Documentário, Natal, RN, 2014, 13min
Parir é natural, Documentário, Rio de Janeiro, 2015, 25min
O movimento do escuro, Porto Alegre, RS, 2015, 20min
De papelão, Ficção, Curitiba, PR, 2014, 23min

>>> 16h15- 17h – Mostra Videoartes – Sessão 1

 Action Painting No. 1 / No. 2, Curitiba, PR, 2014, 7min
Codes of senses II, Barcelona, Espanha, 2014, 04min36seg
Valentim, Juiz de Fora, MG, 2014, 4min58seg
Berlin-Provence, Niterói, RJ, 2015, 3min36seg
Maré, Porto Alegre, RS, 2015, 2min20seg
Mulher do Taxi, Belém, PA, 2015, 4min35
Atlântico, Porto Alegre, RS, 2015, 8min

>>> 17h15- 17h45 – Mostra Videoclipes – Sessão 1 

Maldita guerra, Sephion, Curitiba, PR, 2015, 5min
Lulu, Luneta Mágica, Manaus, AM, 2015, 3min46seg
Medo, Diego’C, Santa Cruz do Sul, RS, 2015, 3min30seg
Redenção, Álibi de Orfeu, Belém, PA, 2014, 5min10seg
Forest Walls, Rockeluche, Belém, PA, 2015, 4min20seg
Mais Ninguém, Vitor e Diogo, João Pessoa, PB, 2015, 5min
Eu estou apaixonada por você, Gina Lobrista, Belém, PA, 2014, 4min
Você não pode desistir, Hateen, São Paulo, SP, 2015, 8min
Sei lá, Marcelo Archetti, Curitiba, PR, 2015, 3min17seg
Black Butterflies, Secret Lie, Lisboa, Portugal, 2015, 5min
Baile Saudoso, Camila Honda, Belém, PA, 2014, 4min26seg

>>> 18h - 20h30 – Mostra Curtas – Sessão 3

 Avenida Presidente Kennedy, Documentário, Olinda, PE, 2014, 16min17seg
Entroncamento, Animação, Salvador, BA, 2015, 13min
Bá, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 14min
Tudo que você ama lhe será arrebatado, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 16min58seg
O time da Croa, Documentário, Belém, PA, 2015, 15min
Cine Drive-In – Cinema sob o céu, Documentário, Brasília, 2014, 19min40seg
The Player, Ficção, Praga/República Tcheca e Rio de Janeiro/Brasil, 2015, 7min
Nuvem, Ficção, Florianópolis, Santa Rosa de Lima, SC, 2014, 15min
Cine Paissandu: histórias de uma geração, Documentário, Rio de Janeiro, RJ, 2014, 15min
Tant Pis Capitulo Um, Documentário, Paris, França, 2015, 25min
S2, Ficção, Cuiabá, MT, 2015, 20min

### 31-10, SÁBADO

Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015, Cinema Olympia
>>> 14h- 14h10 – Exibição vídeos publicitários
 O primeiro beijo, Santa Cruz do Sul, RS, 2015, 3min26seg
Sessão fotográfica: Coleção Pontear, Belém, PA, 2015, 1min23seg

>>> 14h10- 16h – Mostra Curtas – Sessão 4 

Nossa casa: Guarani‐Kaiowá, Documentário, Belo Horizonte, MG, 2015, 24min44seg
Macapá, Documentário, São Luiz, MA, 2015, 8min
Dia da Mentira, Documentário, São Paulo, SP, 2015, 25min
Ao redor da mesa, Ficção, Campinas, SP, 2015, 12min
Paixão Nacional, Ficção, Curitiba, PR, 2015, 17min

>>> 16h15- 17h – Mostra Videoartes – Sessão 2 

Cosme e Damião, Juiz de Fora, MG, 2014, 11min12seg
Terra lavada, Belém, PA, 2015, 7min33seg
Inexorável, Cuiabá, MT, 2015, 2min35seg
Ouve, São Paulo, 2015, 7min03seg
Rebuçado, Belém, PA, 2015, 7min50seg
Deja Vu, São Paulo, SP, 2015, 3min
Eu soup, São Paulo, SP, 2014, 6’10’’
ODE Europe I, Melilla Beach 2014 or Homage to "La Plage" by Patrick Bokanowski, Barcelona, Espanha, 2014, 3min12seg

>>> 17h15- 17h45 – Mostra Videoclipes – Sessão 2 

Xingu, Maíara Lana, Rio de Janeiro, RJ, 2015, 6min43seg
Mandinga, Testemunhas de Giovani e Zinho Trindade, Londrina/PR e Embu das Artes/SP, 2014, 4min06seg
Falsos Abraços, Kid from Amazon, Belém, PA, 2015, 05min40seg
Dr. Herman, Mel Azul, São Paulo, SP, 2015, 4min28seg
Cuba Corazón, Dom Pescoço, São José dos Campos, SP, 2015, 3min43seg
Passeei no Ver-O-Peso, Metaleiras da Amazônia, Belo Horizonte, MG/ Belém, PA, 2014, 4min46seg
Rebelde da Nação, Rockbugs, Curitiba, PR, 2015, 3min29seg
Toute la vie, Liège, Belém, PA, 2013, 4min07seg
Deadly Atack, DNA, Belém, PA, 2015, 4min24seg
De ontem pra hoje, O charme do choro, Belém, PA, 2014, 4min04seg
Mestre de Capoeira, Cronistas de rua, Belém, PA, 2014, 3min38seg

>>> 18h - 20h30 – Mostra Curtas – Sessão 5

Leo & Carol, Documentário, Rio de Janeiro, 2015, 15min
Surto, Experimental, Belém, PA, 2015, 8min28seg
O que fica, Ficção, Brasil/França, São Paulo, SP, 2014, 22min
Cultura FM 30 anos, Documentário, Belém, PA, 2015, 8min34seg
Joaquim Bralhador, Ficção, Quixeramobim, CE, 2014, 20min
O Forasteiro, Ficção, São Raimundo Nonato, PI, 2014, 25min
Memórias do Cine Argus, Castanhal, PA, 2014, 20min
Castillo y el Armado, Animação, Porto Alegre, RS, 2014, 13min46seg
Virgindade, Documentário, Recife, PE, 2015, 15min
Ópera Cabocla, Documentário, Belém, PA, 2013, 26min

### 01-11, DOMNGO 

Festival de Audiovisual de Belém – FAB 2015, Cinema Olympia
>>> 14h – 17h – Mostra Curtas – Sessão 6 
Cartas do desterro, Documentário, Campinas, SP, 2014, 16min
Abraço de maré, Documentário, Natal, RN, 2014, 13min
Chapa, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 14min
Já vais?, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 5min
Submarino, Ficção, São Paulo, SP, 2014/2015, 20min
Promesseiros, Documentário, Belém, PA, 2015, 17min20seg
O nome do dia, Ficção, Rio de Janeiro, RJ, 2015, 18min51seg
Beatitude, Experimental, Vitória, ES, 2015, 15min
Tempo é morfina, Ficção, Santos, SP, 2014, 17min
Ameaçados, Documentário, Marabá/PA e Rio de Janeiro, 2014, 22min
Quando parei de me preocupar com canalhas, Ficção, São Paulo, SP, 2015, 15min
Olhos de botão, Ficção, Bezerros, PE, 2015, 18min
Entrecorpos, Experimental, São Paulo, SP, 2015, 12min


>>> 17h15 - 18h30 – Mostra de cinema latino

Catrina, Ficção, Guadalajara, México, 2015, 11min45seg
The Invisibles, Animação, Colômbia, 2014, 6min41seg
La Solitude, Ficção, México, 12min30seg
Yo te quiero, Animação, Argentina,  2014, 8min
Lucha, Azteca!, Brasil/México, 2015, 18min45seg
The Gift, Animação, Chile, 2013, 7min50seg
Frente Fria, Ficção, Argentina, 2014, 15min37seg
Estação Bahia, Documentário/Experimental, Brasil/Cuba, 2012, 14min

>>> 19h15-20h – Cerimônia de encerramento, entrega de menções honrosas e anúncio da Mostra Itinerante Belém Para Brasil 2016.
 

Serviço 
> Seminário de Audiovisual de Belém – SAB 2015Quando? Dias 27 e 28 de outubro, 19h
Onde? Campus 1 da Faculdade Pan Amazônica (Fapan) – rua dos Mundurucus, 4010, entre travessa Castelo Branco e José Bonifácio.
Entrada franca, com direito a certificado.
> Festival de Audiovisual de Belém 2015 

Quando? De 29 de outubro a 1º de novembro
Onde? Cine Olympia
Entrada franca. Censura nas Mostras (exceto Mostra Infantil): 18 anos.

Mais informações: falecomfab@gmail.com


Published: By: FAB 2013 - 12:08:00

sábado, 17 de outubro de 2015

Veja os Vídeos Minutos, Publicitários e Críticas de Audiovisual selecionados pro FAB 2015!

Chegou a hora de conhecer as últimas obras selecionadas para o Festival de Audiovisual de Belém, o FAB 2015! Nos últimos dias já foi publicada a lista de curtas, videoclipes e videoartes selecionados.
Dos 23 vídeos minuto e experimentais recebidos, 17 farão parte da programação do festival. As obras evidenciam a força do Norte e Nordeste na categoria, que é um dos primeiros passos para quem quer investir ou mesmo apresentar experimentações na produção audiovisual.
Dentre as críticas de audiovisual, as seis recebidas foram selecionadas e serão publicadas no catálogo digital do evento. Além disto, os autores terão um momento para discutir o filme analisado e o texto produzido.
Por fim, dois dos vídeos publicitários recebidos foram selecionados para o FAB 2015!
Veja a lista completa:

∎ VÍDEOS MINUTO E VÍDEOS EXPERIMENTAIS
Água, Faina, GO, 2015, 1min
Amizade Inusitada, Vitória, ES, 2015
Baía de Fogo, Natal, RN, 2014, 1min
Balde de Realidade, Parnamirim, RN, 2015, 1min
Batman versus Os Vingadores, Manaus, 2014, 1min20seg
Casa da vovó, Açailândia, MA, 2015, 2min19seg
Chama na Trilha, Natal, RN, 2014, 1min09seg
Corra, Anapolino, Corra, Goiânia, GO, 2015, 1min10
ELE!?, Porto Velho, RO, 2015, 1min
O Concreto, Salvador, BA, 2015, 48seg
O Vendedor de Armas, Campina Grande, PB, 2013, 1min
Passos – Ep. “TREME”, Belém, PA, 2015, 01min46seg
Rastro da Flor, Natal, RN, 2014, 1min09seg
Rei, Abaetetuba, PA, 2015, 1min35seg 
Sob a sombra da Estrela, Natal, RN, 2014, 1min09seg 
Tempos de bola, Belém, PA, 2014, 1min
Uma Força Maior, Anápolis, GO, 2014, 58seg 

∎ CRÍTICAS DE AUDIOVISUAL
- "Casagrande: a balada do pobre Jean", de Luana Cabral, Vitória, ES. Obra analisada: "Casagrande", de Fellipe Barbosa, Rio de Janeiro, RJ,  2014, 115min.
- "Crítica | Entre Nós", de Daniel Lucas de Medeiros, Florianópolis, SC. Obra analisada: Entre nós, de Paulo Morelli e Pedro Morelli, Rio de Janeiro, Minas Gerais,2013, 100min.
- "Dando o que falar ", de Armando Manoel Neto, São Paulo, SP. Obra analisada: Juliana contra o jambeiro do diabo pelo coração de João Batista, Roger Elarrat, Belém, PA. 2012, 21min.
- “Mergulhos no Deserto: A Jornada do Herói e o Canto do Cisne em Uma Passagem para Mário”, de Márcio Henrique Melo de Andrade, Rio de Janeiro, RJ. Obra analisada: Uma Passagem para Mário, de Eric Laurence, Recife, PE, 2014, 77min.
- "Trash: A Esperança de um Brasil Melhor", de Giovanni Ruggeri, Belém, PA. Obra analisada: "Trash - a esperança vem do lixo", de Setephen Daldry, Rio de Janeiro, RJ, 2014, 1h55min.
- "USP 7% e Mater Dolorosa, filmes necessários", de Armando Manoel Neto, São Paulo, SP. Obras analisadas: USP 7%, Daniel Mello e Bruno Bocchini, São Paulo, 2015, 14 min e Mater Dolorosa, Daniel Cetano e Tamur Aimara, Rio de Janeiro, 2015, 11 min.

∎ VÍDEOS PUBLICITÁRIOS 
- O primeiro beijo, Santa Cruz do Sul, RS, 2015, 3min26seg
- Sessão fotográfica: Coleção Pontear, Belém, PA, 2015, 1min23seg 



COLABORE PARA A REALIZAÇÃO DO FAB 2015!
Nos anos anteriores o Festival contou com um patrocínio direto, que possibilitava a realização do mesmo, custeando os gastos da produção. Em 2015, sem patrocínio (mas nem por isso sem Festival), a comissão organizadora notou o alcance e retorno positivo a partir de comentários e, principalmente, das inscrições, que vieram de todas as regiões do país e obras do exterior. Desta forma, para que consigamos arcar com os gastos mínimos de produção do evento (como divulgação e infraestrutura) pedimos a contribuição de quem gosta e acredita no Festival. Contamos com você para deixar o FAB 2015 ainda melhor! 

Se houver interesse de alguma empresa, instituição ou órgão em ser um patrocinador do Festival, entre em contato conosco através do falecomfab@gmail.com com o assunto "Apoio".

> Serviço:Festival de Audiovisual de Belém
Data: 29 de outubro a 01 de novembro
Local: Cine Olympia

> Mais informações, acesse: Facebook: www.facebook.com/fab.belem
Twitter: @Fab_Belem
Instagram: @siga_fab
Published: By: FAB 2013 - 15:51:00

Toró - Festival Audiovisual Universitário de Belém segue com inscrições abertas

Estão abertas até o dia 25 de outubro as inscrições para o Toró – 1º Festival Audiovisual Universitário de Belém. O evento tem como objetivo a difusão de obras audiovisuais realizadas no meio acadêmico do país, permitindo acompanhar o que vem sendo produzido atualmente.
Podem se inscrever no festival estudantes universitários de faculdade ou universidade de ensino superior de qualquer curso, ou escola técnica de cinema/audiovisual do país.
O festival abrangerá diversas categorias - documentário, ficção, experimental, animação, videoclipe, videodança e webfilme – a fim de contemplar a diversidade de formatos presentes na produção audiovisual contemporânea, em permanente processo de expansão.
Para a estudante de Cinema e Audiovisual Yasmim Maia, membro da organização do evento, “a produção Audiovisual da região vem cada vez mais crescendo e se diversificando, principalmente após a criação de um curso de Cinema e Audiovisual e dos editais e leis de incentivo que agora miram a região. Hoje conta-se com uma presença maior de filmes da região Norte em festivais e mostras em várias partes do mundo, além do crescimento de produções que se dirigem para cá e se originam aqui”. 
Yasmim também destaca que “Os festivais da região amazônica, mesmo sendo bem recentes, são inovadores e atendem a um público que antes não se mostrava muito. Eles se tornam importantes, por chamares os olhos dos produtores para a região e por mostrar como a região está crescendo no meio audiovisual”.
Neste panorama, merece destaque o Festival de Audiovisual de Belém, que terá sua terceira edição realizada de 29 de outubro a 1º de novembro, no Cine Olympia. A programação do FAB será divulgada dia 19!

O Toró
O 1º Toró acontecerá de 24 a 29 de novembro de 2015, no Centro Cultural Sesc Boulevard, e contará com mostra competitiva, mostras paralelas, oficinas e workshops na área de cinema e audiovisual. Ocorrerão também mostras itinerantes através de parcerias com coletivos existentes nos diversos bairros da cidade de Belém, em que serão exibidos os filmes realizados pelo Núcleo de Produção Audiovisual – NUPA, filmes premiados em outros festivais universitários, e os filmes vencedores do festival.


Ano passado o Sesc Boulevard ficou lotado para algumas atividades do CLIC, que organiza o Festival de Audiovisual de Belém. Foto: Everton Pereira

O festival é uma realização do NUPA, projeto de extensão criado em 2011, no âmbito do Curso de Cinema e Audiovisual, da Universidade Federal do Pará, em parceria com o Sesc Boulevard. O festival não terá premiação em dinheiro, mas sim troféus.

Published: By: FAB 2013 - 06:24:00

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Veja a lista de videoartes selecionadas pro FAB 2015!


De Norte a Sul do país e, atravessando o Atlântico, alcançando a Espanha. Assim será a mostra de Videoartes do Festival de Audiovisual de Belém (FAB 2015)!
No total foram recebidas 33 obras. Destas, 14 foram selecionadas. Houve ainda o acréscimo de um vídeo inscrito na categoria Videoclipes, mas que a Comissão Organizadora decidiu transferir para Videoartes.
Não esqueça! O FAB ocorrerá de 29 de outubro a 1º de novembro, no Cine Olympia! A programação completa será divulgada na próxima segunda-feira (19)

Veja a lista dos selecionados:
Action Painting No. 1 / No. 2, Curitiba, PR, 2014, 7min
Atlântico, Porto Alegre, RS, 2015, 8min
Berlin-Provence, Niterói, RJ, 2015, 3min36seg
Codes of senses II, Barcelona, Espanha, 2014, 04min36seg
Cosme e Damião, Juiz de Fora, MG, 2014, 11min12seg
Deja Vu, São Paulo, SP, 2015, 3min
Eu soup, São Paulo, SP, 2014, 6’10’’
Inexorável, Cuiabá, MT, 2015, 2min35seg
Maré, Porto Alegre, RS, 2015, 2min20seg
Mulher do Taxi, Belém, PA, 2015, 4min35
ODE Europe I, Melilla Beach 2014 or Homage to "La Plage" by Patrick Bokanowski, Barcelona, Espanha, 2014, 3min12seg
Ouve, Corpo camerístico, São Paulo, 2015, 7min03seg*
Rebuçado, Belém, PA, 2015, 7min50seg
Terra lavada, Belém, PA, 2015, 7min33seg
Valentim, Juiz de Fora, MG, 2014, 4min58seg
* Inscrito originalmente em Videoclipes. 

CURADORIA
Durante a avaliação, os curadores levaram em conta os aspectos estéticos da obra, seu caráter de inovação, criatividade e produção. 
Os avaliadores que participaram da seleção das videoartes este ano foram: 

- Édipo de Queiroz Santiago: Publicitário e Jornalista formado pela Universidade Federal do Pará e Estácio – FAP. Cursou o Bootcamp de Planejamento de Comunicação da Miami ad school | Espm. Idealizador e realizador do ARG 8563893 para o lançamento da loja Hypchic, o primeiro alternate reality game produzido pela Amazônia e realizador do Editorial protesto "Laranjas" e o editorial "Os empregos", releitura da animação argentina "El empleo".

- John Fletcher: Doutorando em Antropologia pelo PPGA/UFPA e Mestre em Artes pelo PPGArtes/UFPA. Durante o Doutorado, realizou estudos e pesquisas na Universidad del Cauca, em Popayán, Colômbia (primeiro semestre de 2015). Possui experiência como curador independente e propositor visual, além de pesquisa a qual envolve Teoria Antropológica, Pós-Colonialismo, Decolonialismo, Etnografia Urbana e Arte Contemporânea Paraense. É integrante do coletivo NovasMedias!?

- Marina Mota: Professora de Dança, Coreógrafa e Bailarina. Graduanda em Cinema e Audiovisual, é graduada em Licenciatura Plena em Educação Física e mestra em Artes pela Universidade Federal do pará (UFPA).



COLABORE PARA A REALIZAÇÃO DO FAB 2015!
Nos anos anteriores o Festival contou com um patrocínio direto, que possibilitava a realização do mesmo, custeando os gastos da produção. Em 2015, sem patrocínio (mas nem por isso sem Festival), a comissão organizadora notou o alcance e retorno positivo a partir de comentários e, principalmente, das inscrições, que vieram de todas as regiões do país e obras do exterior. Desta forma, para que consigamos arcar com os gastos mínimos de produção do evento (como divulgação e infraestrutura) pedimos a contribuição de quem gosta e acredita no Festival. Contamos com você para deixar o FAB 2015 ainda melhor! 

Se houver interesse de alguma empresa, instituição ou órgão em ser um patrocinador do Festival, entre em contato conosco através do falecomfab@gmail.com com o assunto "Apoio".

> Serviço: Festival de Audiovisual de Belém
Data: 29 de outubro a 01 de novembro
Local: Cine Olympia

> Mais informações, acesse: Facebook: www.facebook.com/fab.belem
Twitter: @Fab_Belem
Instagram: @Siga_fab


Published: By: FAB 2013 - 12:17:00